24 junho 2007

Curso de Linux

Olá a todos,

Há um tempo estive pensando: Vale a pena fazer um curso de Linux? Existe mesmo uma escola que realmente mostre o Linux e sua essência ou é apenas um apelo comercial ocasionado pelo constante crescimento da plataforma?

Hoje em dia a internet proporciona muitas coisas; dentre elas, o crescimento profissional. Esse que, por sinal, é o apelo proposto pelas escolas de informática “especializadas”.
Mas será que são especializadas mesmo ou todo esse bla bla bla dos adWorlds, folders, banners, são apenas chamaris para pegar os menos desatento?

Sim, existem escolas “especializadas”, e como dizem: Com foco na prática. Opa! Então caímos novamente no que deveria ser proposto logo de início, a prática. Essa merece total atenção, pois foi e sempre será a grande escola da vida, e sem ela, necas. Concordam?

Então, por isso, a dúvida: Preciso de um curso ou com o oráculo e bons livros consigo, --eu meu Deus e meu Orixá--, o conhecimento tão esperado?

Sim, consigo, basta ter dedicação e força de vontade.

Para conseguir conhecimentos equivalentes é necessário dedicação; dedicação quer por sua vez necessita de estudos; estudos que, por sua vez, inclui google, livros, amigos, fóruns, etc. E tudo isso sem cair na tentação da frase “Torne-se um especialista em Linux em 40horas”.

Não, não estou afirmando que nunca mais seja necessário fazer um curso e entrar numa escola “especializada”. Mas que Livros+café+computador darão a você um conhecimento aquém do esperado ao se fazer um curso desses, até porque nós, humanos, criamos expectativas que quase sempre ficam a ver navios no final do curso.

E isso não só em Linux, mas em tudo que nos disponhamos a fazer. Acredito ainda que com afinco, consultas (leia-se google) e os já citados bons livros, você adquira, sobretudo, vivência e prática, e ainda estudando por conta, sem ouvir a maldita frase típica: “Isso nós ainda iremos ver, calma!” E se tornará um ótimo Profissional em Linux (e pode ter certeza, não será em 40horas).

E vocês, o que acham?

22 comentários:

BearGuy 1:12 AM  

Acho que, ALGUNS cursos são necessários, sem falar que diplomas (SERIOS) abrem muitas portas.
Mas sei que não era sobre isso exatamente que vc se referia.
Em se tratando de LINUX, hoje em dia dá pra se aprender muita coisa pela net sim... só precisa de força de vontade, como vc bem frisou.
Antes eu botava muita coisa no Palm pra ler no "busão" (ônibus) e talz. Mas como a vista começou a cansar, resolvi gastar tinta e apelar pra impressora.
Hehehe...
Ah! Preciso de uma BOA dica de livro pra LINUX, vc tem alguma? De preferência no nosso bom "Português Tupiniquim"... hehehe.
Achei alguns (específicos pro nosso ADORÁVEL Ubuntu) que devem ser Ótimos, mas estão em Inglês!
Um forte abraço e SUCESSO!
BG

Monthiel,  9:13 AM  

Opa BearGuy, bla amigão.

Virou leitor assíduo hein! rsrsr. Que bom!.

Bom, sobre o Livro, recomendo que copie a URL abaixo e cole no navegador.


http://www.submarino.com.br/books_productdetails.asp?Query=ProductPage&ProdTypeId=1&ProdId=253011&ST=SE&franq=147920

Sem via de dúvidas, é o melhor livro de Linux que conheço. Pode apostar...

Além disso, tem o Foca Linux. Procure no google por Foca Linux que verá o melhor tutorial de todos os tempos sobre Linux, e free.

abraços

Max a.k.a Milton 9:27 AM  

Eu penso sempre assim:

Curso não! Certificação e especializações sim...

Se não sabe nada, compre um livro e aprenda porque curso básico é só perca de tempo e dinheiro

Anônimo,  8:38 AM  

Eu comprei esse LIXO de livro Certificação Linux e ele é uma CÓPIA do Linux in a Nutshell, o cara copiou descaradamente boa parte do livro lá, eu li os dois.
Não entendo as pessoas que querem estar no ramo da informática mas tem preguiça de aprender inglês, os livros tupiniquins são lixo. Eu comprei o livro CCNA da Cisco Oficial em português, encontrei mais de 300 erros de tradução e erros técnicos, fora os outros livros que encontrei pelo mundo afora

Douglas Campos 8:59 AM  

Eu fiz um curso de 60 hrs ...serviu de base sim....mais só com a pratica no serviço e pesquisas na internet aprimoram o conhecimento.

Jeremias,  9:10 AM  

Vou defender os cursos!
Na minha opinião um curso rápido pode servir para quem está querendo/precisando dar um "start" em determinado assunto e não sabe por onde começar, principalmente quando tem inúmeras fontes de consulta (livros/internet) e fica sem rumo.
Um curso rápido serve para te dar um rumo, saber se é aquilo mesmo que você quer e por onde seguir caminhando. Jamais um curso rápido será definitivo, aliás, em se tratando de tecnologia nenhum curso é definitivo, estudo contínuo.
E por estudo contínuo entendo que cursos rápidos podem ser vantagem se quisermos/precisarmos adquirir um determinado conhecimeto específico rapidamente, ou pelo menos ganhar um norte. Fora isso, como já disse, estudo contínuo é imprescindível.
Se você tem tempo e disposição, basta saber ler, pois material existe e muito. Se precisa de um empurrão, faça um curso rápido e o mais barato possível, pois qualquer curso será apenas um norte para sua caminhada. E como sempre digo para meus amigos, a direção é mais importante que a velocidade.

Yui 9:30 AM  

O grande problema de cursos está justamente no que você comentou que deixa-se muito para depois, nem sempre tudo que é necessário é abordado. Acho que a questão maior é que há uma cultura de que o diploma de algum curso representa muito e não a "bagagem" da pessoa, o quanto ela se esforçou para aprender SOZINHA as coisas...

Acontece. Parabéns pela postagem.

Hiro 9:31 AM  

Opa, concordo com Monthiel.
Fiz o curso na 4linux, aquele básico que promete te preparar pra lpi nivel 1, o custo benefício não compensa mesmo, ainda mais que peguei uma instrutora que ficou devendo um pouco no conhecimento tecnico da coisa, ou seja... muita coisa.
Claro q eu tirei algum proveito do curso, alias, de qualquer coisa vc tira proveito, até com os erros, pra mim foi apenas um ponta pé inicial mesmo e agora to por conta propria mesmo, só volto a fazer um curso quando eu achar realmente necessário e sobre tópicos mais avançados, pq minha experiência com o curso básico de linux na 4 linux não foi nem um pouco boa, tenho amigos que fizeram na impacta, ele elogiaram o curso de lá, mas eu particularmente não conheço. E como foi dito, um ótimo profissional em linux demora bemmm mais que 40 horas.
E eu tb não gostei do livro Certificação Linux do Uirá Ribeiro, eu comprei e quando eu li achei interessante, mas quando comparei com o Certification LPI in nutshell, nossa, sem comparação o segundo é bem superior, muito superior mesmo ao primeiro.
That's all folks =)

ramao 10:00 AM  

elogio o comentário do Jeremias, por ser ponderado,equilibrado, verdadeiro. Um curso dá uma sistematização na caminhada em direção ao objetivo do conhecimento.Nem uma faculdade de 5 anos lhe dá todo o conhecimento, em nenhuma área.Na Internet existem muitas informações, mas é necessário escolher as que tem valor, a maioria é cópia descarada. "A direção e a costância e a qualidade são mais importantes que a velocidade", digo isto complementando o post do Jeremias

Monthiel,  10:54 AM  

Amigos,

Obrigado a todos pelos comentários, todos de ótima qualidade e todos expondo opiniões pessoais, o que MUITO importante não entrar no mérito de querer reprovar a opinião do outro.

No entanto, gostaria de deixar um alerta.

TODOS os comentários aqui postados, são de responsabilidades de seus autores. As opiniões expostas nos comentários NÃO refletem as do autor do blog.

Portanto, se puderem,claro, não citem nomes de escolas, pois se eu considerar ofensivo, serei necessário a moderar o comentário.

Obrigado a todos e continuem expondo suas opiniões, isso é muito importante.

Att,

Renan 1:31 PM  

Esse cursos que "ensinam" a ser "especialista" em 40h, não acredito. Porém acredito naquelas especializações onde quem quer mesmo, já entra sabendo o essencial.

O mesmo vale para as certificações.

Mythus 1:48 PM  

Eu não posso dizer que nunca fiz um curso, pois já fiz uns dois gratuitos do CDTC (uma excelente iniciativa do governo) e acredito que cursos são absolutamente necessários. Só quem não precisa de curso (latu senso, leia-se, inclusive certificações) é quem não precisa provar documentalmente que sabe de algo. Contam pontos em concursos públicos e currículos. Dizer simplesmente "eu sei mexer", muitas vezes é ineficiente. Digo por experiência própria.

Um curso, como o Jeremias falou e outros ratificaram e complementaram também serve para ter uma visão geral apontando para várias "novidades" que você não conhecia. Por exemplo, você que é usuário do Ubuntu, pode saber mexer no synaptic ou no adept perfeitamente, particularmente o adept eu não sei nem para onde vai aquilo. E nunca precisei mexer nos dois já que sempre usei a linha de comando para atualizar/instalar o sistema. Talvez num curso ou se eu tivesse tempo, poderia encontrar alguma facilidade nesses aplicativos.

Curso nenhum dá competência a uma pessoa, mas pode provê ferramentas úteis e uma visão geral que se gastaria muito mais tempo para pesquisar, ler e quebrar a cabeça com aquele assunto que pode ser o conteúdo bastante básico para quem inicia a trabalhar com "a coisa".

É importante ler o conteúdo do curso antes de fazê-lo, fazer perguntas se o seu objetivo vai ser alcançado com aquilo de depois pensar no quanto vale o seu tempo, se em X horas você vai ter a informação que precisa a um certo custo ou por Y horas de pesquisa e leitura e outro tanto de recursos.

Agora se a questão é marketing de curso e resultado final, acho que então seu post deveria ter começado de forma diferente. A pergunta inicial foi mal formulada.

Desculpem "o jornal"

Paulo 1:51 PM  

Acho que curos é pra quem não tem mto tempo disponivel, eu trabalhava em um emprego no qual tive 90 dias pra aprender e colocar pra funcionar: servidor de email/web/proxy/firewall, e nao tinha recursos para curso, apenas 90 dias... e aprendi e implementei, e olha que nao sou nehum genio (rs)

A maior dificuldade esta nas pessoas pararem 1 ou 2 horas por dia para estudar um determinado assunto, nisso os cursos ajudam... Acho que so ajudam nisto mesmo... pq no resto so depende de vc, com ou sem curso.

Abraços a todos

Anônimo,  6:50 PM  

A comparação é absurda, ler e aprender, ou pagar, ir num curso e pegar o que o livro pode dar, porém com a comodidade(todos sabem que isso tem preço) de estar mastigado... e com algum conhecimento que terá conhecendo novas pessoas.
Varia pra quem quer aprender e tem força de vontade, indico livros, pros preguiçosos, ou que possam pagar, faça o curso...

Anônimo,  7:55 PM  

A verdade é que o ser humano é preguiçoso por natureza e eu atualmente só acredito em cursos que têm avaliações através de provas e trabahos e que podem reprovar o aluno.

Se o cara ganhar o canudo automaticamente só por freqüentar o curso tantas horas a maioria só aprende superficialmente.

cwlinux 7:59 PM  

A url do submarino esta incompleta a cima, o correto é http://www.submarino.com.br/homecache/books_browser.aspx?Query=
&ProdTypeId=1&CatId=11837&PrevCatId=11827

Quanto a questão, acredito que isto vai de pessoa para pessoa, eu mesmo para entender de fato algumas coisas, fiz dois cursos de linux somando mais de 80 horas. Perda de tempo, nenhum... pois apartir deles compreendi muitas coisas que os livros falam e que didaticamente são ruins. Seja pela falta de conhecimento de certos termos, ou mesmo por se tratar de arquivos de configuração obscuros e absurdamente grandes. Hoje depois de 10 anos, sou usuario mediano de linux e onde faço todas as minhas coisas do dia a dia sem maiores problemas. E digo a vocês a 10 anos Linux era para quem estava afim de dor de cabeça mesmo, sendo bom ou não. Hoje com as Distros que existem por ai é tão facil quando um WINXP da vida. E diga-se de passagem, outro me pediram para ajudar numa maquina winXP home e tomei pau dela, pois não sei mais onde ficam as coisas naquele sistema... :-) prefiro meu Slackware e Ubuntu 7.04 que tenho por aqui.
Sds
CW

morronix,  2:35 PM  

eu acabo concordando com o jeremias...no curso,voce paga pra sentir o drama...serve pra te dar um start....mas 40 horas...(:P) realmente é pouco,nada supero o google,o guia foca e a curiosidade...mas pra quem nunca fez nada,eu aconselho SIM a fazer um curso...mas tenha a certeza de que vc naun se tornará um especilista hein?

Pequeno3d 10:03 PM  

Acho que cursos são uma boa para pessoas que procuram aprender pouco em pouco tempo. Uma dica, crie uma situação ou um tema e corra atrás de soluções fundamente-se em pesquisas de qualquer fonte. Mesmo que não aprenda muito como deseja sei que irá aprender de alguma forma. Lembre-se, se sabe algo passe adiante. "Sábio é aquele que busca o conhecimento para ensinar ao próximo". Busque uma forma de ser notado que mais cedo ou mais tarde encontrará ajuda! Troque alguns minutos de TV e Games por algumas horas em pesquisas.

Pé no chão e olho no horizonte.
Um grande abraço! ;)

Cabesete 10:38 AM  

Interessante a discussão, na verdade estamos no século XXI e para aprender, depois de tudo que foi dito, incluiria a importância de uma rede de contatos e a interação com profissionais de qualquer área que formos atuar.
O mundo está ai, temos escolas, onde podemos aprender até com os colegas mais experientes e os professores tambem, além da internet e grupos de discussão. Só gostaria de ressaltar que sozinho não chegamos a lugar nenhum, o máximo que podemos conseguir é ficar doido, achando que o mundo é que está errado.

xicoloco 9:54 PM  

É, também acho que cursos de 40 horas não o tornam um profissional. Por isso eu quero fazer uma faculdade ou algum curso de pelo menos 2 anos, aí eu pergunto a vocês, alguém conhece algum curso com essa duração em São Paulo e só software livre?

Já agradeço pela atenção.

Sobre livros de linux, li os que comprei em uma promoção junto com o kurumin escritos por morimoto e achei meio fracos e confusos, pô, não tem o índice no final. Acho que vou comprar esse nutshell que falaram aí acima.

Na internet, o guia do linux de Ednei Pacheco de Melo achei bacana e o foca o melhor.

Já fiz vários cursos no CDTC, que o mythus já citou, achei bem legais e sempre recomendo.

multigen,  5:03 AM  

"nós, humanos, criamos expectativas que quase sempre ficam a ver navios no final do curso."

Como assim "nós" cara pálida?

willian 4:57 PM  

Os cursos do 4 Linux vale a pena?

Uso o Linux há uns 2 meses e não sei se faco um curso lá ou não.

Postar um comentário

Deixe seu comentário, fique a vontade
Comentários anônimos serão apagados
Divulgue esse blog, assine nosso feed

About This Blog

Ultimos Artigos

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP